SOCIAL
To Top

Tendência de decoração “Wabi Sabi: quando o simples surpreende

Profissionais de diversas partes do mundo têm apostado no Wabi Sabi por entenderem que a naturalidade pode ser bem mais inusitada do que se pensa

Temporadas vêm e vão e a arquitetura, designer e decoração de interiores, assim como a moda, passam por várias transformações, tendências e adaptações. O que se mostra cada dia mais forte é trazer à tona a simplicidade e marcas do tempo de forma mais marcante, intensa, descomplicar para assim produzir algo novo e impactante. Profissionais de diversas partes do mundo têm apostado no Wabi Sabi por entenderem que a naturalidade pode ser bem mais inusitada do que se pensa.

Parte do conceito japonês acredita que imperfeições adquiridas com o tempo, despretensão e trabalhos mais artesanais agregam muito no clima do ambiente. O uso de cerâmicas, concreto, pedras naturais, tons neutros e monocromáticos, a mistura da rusticidade com a leveza conduzem à sensações individuais fortes, que impactam no resultado final.

Usando e abusando da intuição, o Wabi Sabi se utiliza de utensílios rotineiros para agregar sentimentos há muito esquecidos em meio ao excesso de informações contemporâneas que estamos sujeitos diariamente. Apostando nessa corrente, a designer de interiores Juliane Vargas, em parceria com a estudante de arquitetura Tainá Moi, criaram um ambiente extremamente acolhedor e impactante, na medida certa. A designer explica um pouco do motivo pelo qual optou pela técnica. “Estamos em um momento de repensar e ressignificar vidas e espaços, por isso buscamos inspiração no conceito Wabi Sabi, onde “wabi” é a simplicidade, a elegância e o rústico e “sabi” é a beleza da idade, do desgaste e das rugas do tempo”.

“Pensar de dentro para fora começando pela nossa individualidade e nosso propósito de vida resulta em um trabalho diferenciado”, justificam. O espaço idealizado pelas profissionais compreende sala, cozinha, quarto, closet, banheiro e varanda. Para que o morador se permita dar mais ênfase às relações humanas, o ambiente não possui televisão. “Partimos de uma paleta de cores terrosas que vão do cru ao marrom, trazendo aconchego ao espaço”, detalham.

Para Juliane e Tainá o conceito está intimamente ligado ao slow living, que busca desacelerar e se concentrar no que geralmente é deixado de lado. Para investir em um espaço Wabi Sabi importa a apreciação do despojamento, o cuidado com a estética, a valorização do rústico, do imperfeito e do aspecto natural. Antenada com essa tendência, a loja brasiliense Objeto Casa fornece decorativos sensíveis, com toques artesanais, design diversificado e qualidade ímpar. Juliane explica que para a composição desse clima é fundamental a escolha de objetos de decoração que conversem e se integrem com o conceito. “Procuramos a simplicidade nos elementos mais naturais e despretensiosos. As cestarias, adornos de ferro e barro da loja Objeto Casa fizeram a diferença na composição do espaço”. A empresária Simone Lima, proprietária da Objeto Casa é só orgulho “adoramos firmar parcerias com profissionais tão inspiradoras e talentosas. Acreditamos que trabalhos assim só acrescentam a nossa marca”, afirmou.

Serviço

Objeto Casa

CLS 302, Bloco B, Loja 34 – Asa Sul, Brasília/DF

(61) 3321-0294

 

 

Por Voga Assessoria e Mídias Sociais

Imagem: Divulgação

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Decoração

A Revista USE é uma publicação inédita no Brasil sobre o design intrínseco nas mais variadas peças do mobiliário, decoração e artigos de desejo que traduzem nossa relação com o mundo e tudo o que nos cerca.

Portal - No portal vocês poderão conferir notícias atualizadas diariamente sobre o mundo da decoração, suas inovações e tendências.

Revista - Com publicação quadrimestral, a revista impressa reúne o que há de mais inusitado do mundo do design com distribuição em todo Brasil, tem duas versões: impressa e digital.

Revista USE. 2017 - Todos os direitos reservados.