SOCIAL
To Top

Jardim de Passagem é performance que marca a abertura da exposição Desterro Desaterro nesta quarta-feira (18), no MASC

A criação de um jardim em deslocamento ocorre dentro do ônibus, à medida que as pessoas embarcam com vasos de plantas em mãos a partir do ponto do Córrego Grande rumo ao Terminal Trindade em Florianópolis. Daquele local seguem a pé para o Museu de Arte de Santa Catarina (MASC), onde cultivam, na área a céu aberto, o Jardim sem Governo. Performance urbana será realizada nesta quarta-feira, 18 de abril, a partir das 18h19

No ponto de ônibus, no Córrego Grande, uma pessoa aguarda normalmente a chegada do coletivo. Ela carrega um vaso de plantas e embarca rumo ao Terminal Trindade em Florianópolis. Horário: 18h19. Tudo seria absolutamente rotineiro se a ação não fosse repetida em cada parada do trajeto, quando mais pessoas adentram o transporte, com mais vasos de plantas em mãos. E assim formam juntas um verdadeiro jardim em pleno deslocamento. Chegam à linha final e de lá caminham até o Museu de Arte de Santa Catarina (MASC), anexo ao Centro Integrado de Cultura (CIC).

Trata-se da performance “Jardim de Passagem”, de Teresa Siewerdt, artista que nasceu em Rio do Sul e fixou endereço há alguns anos em São Paulo. A ação está conectada a outra instalação que ocorre dentro da coletiva Desterro Desaterro, programação em homenagem aos 70 anos do MASC, que abre oficialmente para visitação do público nesta quarta-feira, 18 de abril, às 19h.

“Jardim sem Governo “será semeado pelos intérpretes, a partir das 19h, no terreno a céu aberto bem ao lado da recepção do museu. “Essa intervenção urbana relacional ocorre em São Paulo desde 2016, em outro formato. Num trabalho conjunto com moradores de espaços públicos e coletores de materiais das ruas, a proposta foi recolher plantas descartadas em lixeiras da cidade. Elas são levadas até o beco na rua Lopes Chaves, no bairro Barra Funda, e formam um jardim de plantas descartadas, trazidas pelos catadores da região”, explica.

Na instalação no MASC, Teresa sugere um novo cultivo. Ela deixará no espaço ferramentas – como pá, enxada, regadores – à disposição dos visitantes que desejarem cuidar do jardim. É bem-vindo também levar plantas para semear no terreno, ou até mesmo transportar alguma para casa. “Quero que as pessoas construam e transformem esse lugar”, convida Teresa.

Sobre a programação dos 70 anos do MASC

O Museu de Arte de Santa Catarina (MASC), considerado um dos mais importantes do Brasil, celebra 70 anos em 2018. Para marcar a data, a instituição que abriga um acervo importantíssimo da arte brasileira inaugura na quarta-feira (18) um programa especial com três grandes exposições: Desterro Desaterro – arte contemporânea em Santa Catarina, uma coletiva com artistas de diferentes gerações; O Tempo dos Sonhos: Arte Aborígene Contemporânea da Austrália, projeto que traz ao Brasil a coleção mais diversificada e vigorosa da tradição artística contínua mais antiga do planeta; e o Projeto Armazém – O mundo como armazém, com obras de 300 artistas. A abertura será a partir das 19h, no Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis, e com entrada gratuita e livre.

Performance Jardim de Passagem

Local: Ponto do Córrego Grande destino Terminal da Trindade

Horário: 18h19

Chegada no MASC: às 19h construção do “Jardim Sem Governo”

Abertura da programação dos 70 anos do MASC: às 19h

 

 

 

Por Luciana de Moraes

Imagem: Jennifer Glass – Fotos do ofício

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Acontece

A Revista USE é uma publicação inédita no Brasil sobre o design intrínseco nas mais variadas peças do mobiliário, decoração e artigos de desejo que traduzem nossa relação com o mundo e tudo o que nos cerca.

Portal - No portal vocês poderão conferir notícias atualizadas diariamente sobre o mundo da decoração, suas inovações e tendências.

Revista - Com publicação quadrimestral, a revista impressa reúne o que há de mais inusitado do mundo do design com distribuição em todo Brasil, tem duas versões: impressa e digital.

Revista USE. 2017 - Todos os direitos reservados.