SOCIAL
To Top

Escritório brasileiro aposta em modelo de negócio com impacto social

Desde 2018, quando primeira ação foi realizada, o Rua 141 já soma mais de 20 nas comunidades carentes, relacionadas a melhoria da qualidade de vida, a partir da arquitetura

Ao idealizar o escritório Rua 141 Arquitetura, a arquiteta e urbanista Mona Singal pensou em criar um escritório cujo propósito teria a responsabilidade social como principal relação à sua atuação profissional. Tendo a rua como elemento de conexão das cidades, configurando uma rede composta por escalas e identidades distintas – além de ser palco de encontros entre pessoas e trocas culturais – o nome do escritório reflete a relação com esse organismo vivo e retrata o modelo de negócio do escritório one-for-one (141): para cada projeto comercial ou residencial para o qual o escritório é contratado, desenvolve-se outro sob parceria com ONGs ou instituições parceiras em comunidades carentes.

Projeto realizado na Vila Cachoeirinha, em SP, em parceria com o Moradigna.

A primeira ação realizada pelo Rua 141 aconteceu em 2018 e, desde lá, o escritório já fez mais de 20 ações que vão de reforma de um cômodo até a reforma total da casa, em diferentes localizações, como Capão Redondo e Vila Cachoeirinha, ambos em São Paulo. Atualmente, um dos projetos em andamento é a reforma de um abrigo destinado a crianças carentes. As ONGs e Instituições parceiras têm algumas formas de viabilizar esses projetos através do apoio dos investidores ou algumas vezes o próprio morador paga a reforma e o Rua 141 realiza as reformas conforme a demanda. Neste período, já foram realizadas parcerias com a Instituição Moradigna, a ONG Décor Social e o Instituição Vivenda.

Projeto em desenvolvimento para o Lar Batista, de São Paulo, em parceria com a ONG Decor Social. Hoje abriga 15 crianças de 1 a 17 anos. O espaço é a sala de convivência deles. (Os desenhos são de autoria da artista plástica Lano. Usados apenas como ilustração; não serão usados no projeto original).

Não se trata de uma “maquiagem” no espaço ou local, mas a busca por solucionar questões de insalubridade que a maioria deles apresenta, como falta de ventilação e iluminação natural, claro, são dos grandes problemas. Não é também trabalho voluntário ou filantropia. “Visamos lucro, porém atrelamos essa frente de moradia social ao custo de projeto do escritório para clientes particulares. Operamos da seguinte forma: quando os clientes nos contratam para fazer um projeto residencial ou comercial, parte do valor é revertido em horas de trabalho para desenvolver os projetos nas comunidades carentes, sempre associado a uma ONG ou a uma instituição que já atua nas comunidades. Essas instituições têm a mão de obra de execução, mas muitas vezes não têm o conhecimento técnico para o projeto. É nesse momento que entramos”, explica Mona Singal.

E completa: “Sempre tive uma inquietação em relação à minha responsabilidade como arquiteta. Isso foi aguçado ainda na faculdade quando tínhamos as matérias de planejamento urbano, estudávamos as comunidades carentes e víamos as condições insalubres que as pessoas moravam. Hoje, diante de tudo que estamos vivendo, vejo que esse trabalho faz-se ainda mais necessário. E acredito que os arquitetos podem sair na frente e propor ações de responsabilidade social a partir dos seus conhecimentos”.

Dentro desse contexto que estamos vivendo, causado pelo COVID 19, as diferenças sociais estão mais evidentes e os escritórios de arquitetura terão uma missão de olhar para as comunidades carentes ao invés de ignorá-las. A mudança de postura dos escritórios, em relação à responsabilidade social, será fundamental para alterarmos o cenário que temos hoje.

Mais informações, acesse http://www.rua141.com ou @rua141arquitetura para o Instagram.

 

 

 

 

Por Leonardo Lotto

Imagens: Divulgação

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Arquitetura

A Revista USE é uma publicação inédita no Brasil sobre o design intrínseco nas mais variadas peças do mobiliário, decoração e artigos de desejo que traduzem nossa relação com o mundo e tudo o que nos cerca.

Portal - No portal vocês poderão conferir notícias atualizadas diariamente sobre o mundo da decoração, suas inovações e tendências.

Revista - Com publicação quadrimestral, a revista impressa reúne o que há de mais inusitado do mundo do design com distribuição em todo Brasil, tem duas versões: impressa e digital.

Revista USE. 2017 - Todos os direitos reservados.