SOCIAL
To Top

Segundo informações, mercado de decorações luxuosas tende a crescer nos próximos anos

Pesquisas realizadas pela MultiCrédito Inteligência e Tecnologia revelou que o mercado de decoração residencial se mantém forte e vem crescendo anualmente em um ritmo considerável.

No ano passado, entre os meses de Janeiro e Dezembro, o mercado de decoração registrou um crescimento de 21%. Segundo pesquisa feita pela Associação Brasileira de Design de Interiores o setor de decoração residencial teve um crescimento de quase 500% nos últimos anos.

O consumo de decoração de luxo no Brasil está em fase de grande expansão. Na cidade de São Paulo, por exemplo, onde há grandes centros comerciais, o mercado de decoração luxuosa tem espaço e destaque particularmente garantido. Algumas lojas de luxo já conceituadas em outros segmentos também começaram a investir em linhas de decoração para aumentar o portfólio de produtos da marca. Esse tipo de investimento tem dado certo, gerando receita e lucros para elas.

Essa movimentação abriu as portas do país para receber grifes renomadas. O mercado brasileiro está sendo disputado por muitas marcas luxuosas do mundo. O Brasil foi o primeiro da América do Sul a ter lojas da joalheria Tiffany & Co. No país, lojas da marca de luxo Louis Vuitton estão entre as mais produtivas do mundo. A perspectiva do segmento de artigos de luxo é continuar crescendo nos próximos anos, uma vez que a nova classe média continua crescendo e tendo maior poder de compra.

De acordo com uma pesquisa da Euromonitor Internacional, até 2020 a população brasileira com renda bruta anual acima de US$ 150 mil vai crescer 49,3%, alcançando mais de 1 milhão de pessoas. O perfil do consumidor brasileiro já indica mudanças significativas no comportamento de compra. No país, a maioria das pessoas opta por produtos de marca na hora de realizar a compra de um bem.

Os empresários do setor notaram que para todas as classes, A, B e C, existem o conceito de que os itens de luxo são melhores ou possuem mais qualidade. Para os especialistas da área, o mercado de luxo é encarado como um padrão de vida. Com as facilidades de pagamento, os produtos de marca se tornaram mais acessíveis. O crédito como forma de pagamento viabiliza a aquisição de itens luxuosos que em tempos atrás seria um sonho distante para as classes B e C.

O setor, apesar da crise se manteve estável, pois uma das características do consumidor de luxo é ser fiel a marca de sua preferência. Independentemente da situação econômica do país, o cliente de luxo, admira as marcas que consome e não deixa substitui o item por outro mais barato. Em 2003, uma pesquisa realizada pelo Boston Consulting Group, indicou que a compra de artigos luxuosos quebra a rotina, o que também atraí muitos consumidores.

Considerando o mercado de luxo, as lojas de decorações estão apostando no serviço personalizado para fidelizar o cliente, atraindo-o não só ao produto, mas a todo o universo que pertence a marca. A estratégia do atendimento personalizado já uma realidade em diversos setores e marcas, como por exemplo, a Loja de papel de parede em SP Wallpaper Land, que trabalha com um novo conceito em relação a loja de papel de parede. O diferencial da marca está no atendimento personalizado individual. A loja disponibiliza a seus clientes um espaço moderno com horário de atendimento diferenciado.

Por Dino

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Tendências

A Revista USE é uma publicação inédita no Brasil sobre o design intrínseco nas mais variadas peças do mobiliário, decoração e artigos de desejo que traduzem nossa relação com o mundo e tudo o que nos cerca.

Portal - No portal vocês poderão conferir notícias atualizadas diariamente sobre o mundo da decoração, suas inovações e tendências.

Revista - Com publicação quadrimestral, a revista impressa reúne o que há de mais inusitado do mundo do design com distribuição em todo Brasil, tem duas versões: impressa e digital.

Revista USE. 2017 - Todos os direitos reservados.