SOCIAL
To Top

Fugindo do convencional, no apartamento Kim por Cota Arquitetura

Um projeto de interiores e de decoração para um casal de clientes que haviam acabado de comprar um apartamento pronto para morar, porém sem identidade

O apartamento chegou nas nossas mãos com piso de madeira novo, revestimentos nos banheiros, tampos em pedra, louças, metais, espelhos e luminárias instaladas além da pintura pronta.

Tínhamos o desafio de apresentar um layout que acolhesse amigos e família para eventuais reuniões íntimas e que os espaços fossem funcionais e aconchegantes para o dia a dia do jovem casal. Sendo assim, nossa proposta era fazer um projeto sem intervenções civis no apartamento e fugir do layout convencional apresentado pela construtora.

Para integrar os três espaços, sala de jantar, sala de televisão e área do bar, utilizamos partes do perímetro do ambiente como banco, além de propor um sofá de aproximadamente 3,15m com um dos lados da chaise sendo flexível, e mais três banquinhos soltos de apoio utilizando como encosto as “costas” do sofá.

Desenvolvemos peças fixas e mobiliário sob medida para a ambientação do espaço. O bar perto da entrada do apartamento, que atende a mesa de jantar, foi feito em serralheria com chapa perfurada pintada de branco. O mesmo acabamento e material foi utilizado para o painel e para o rack da TV da sala, mesclado também com chapas metálicas lisas que fizeram o papel das prateleiras.

O banco em ‘L” no canto do apartamento foi feito em corian, material que possibilita variáveis formas e desenhos. Para essa peça desenvolvemos um banco que parte coladinho no bar em serralheira, une-se com o trecho inclinado e chega até o outro lado, próxima a janela. Para essa peça ser instalada, foi necessário dividi-la em 3 partes para serem “montadas in loco”, esse material possibilita a junção completa das partes sem deixar emendas visíveis. O bar próximo à janela conta com um balde removível feito do mesmo material.

O lavabo ganhou destaque no meio do processo de projeto, queríamos fazer algo que fosse marcante e divertido, mas sem interferir nos elementos existentes, tampo, louça, metais, espelho e luminária, foi quando reencontramos a Marcella Riani, uma ex colega de faculdade em um evento de arquitetura, que tornou-se também artista plástica e foi aí que surgiu a ideia de fazer do lavabo uma obra de arte. Ocupamos todas as paredes inclusive o teto e porta com formas orgânicas e coloridas.

Para as duas suítes optamos por mobiliários soltos possibilitando maior flexibilidade dos espaços. Um pedido importante dos clientes, era ter espaço para guardar seus livros. Para atender essa necessidade projetamos várias prateleiras e uma peça fechada em serralheria e vidro, fugindo do convencional da marcenaria.

Para o projeto de decoração optamos por peças e adornos que trouxessem raízes brasileiras, utilizamos móveis do designer Fernando Jaeger, elementos vazados dos Irmãos Campana, além de peças de cerâmica e de barro.

Ficha técnica

Escritório de Arquitetura: Cota Arquitetura

Área: 97m²

Ano: 2019

Localização : Jardins, São Paulo-SP

Arquitetas responsáveis: Bruna Lodetti e Gabriela Ferraz

Fotos: Cris Farhat

Fabricantes e lojas: Fernando Jaeger, Reka, Dpot Objeto, By Kami, Uniflex, DuPont Corian, Edição Limitada Serralheria, Toque de Arte,Casa que Tem, Mood, Carbono.

 

 

Leonardo Lotto  – RPNA Cobogo | conteudocomunicacao

 

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Decoração

A Revista USE é uma publicação inédita no Brasil sobre o design intrínseco nas mais variadas peças do mobiliário, decoração e artigos de desejo que traduzem nossa relação com o mundo e tudo o que nos cerca.

Portal - No portal vocês poderão conferir notícias atualizadas diariamente sobre o mundo da decoração, suas inovações e tendências.

Revista - Com publicação quadrimestral, a revista impressa reúne o que há de mais inusitado do mundo do design com distribuição em todo Brasil, tem duas versões: impressa e digital.

Revista USE. 2017 - Todos os direitos reservados.