SOCIAL
To Top

Dicas para projeto de cozinha com pé-direito maior que o padrão

O pé direito mais alto traz muitos benefícios além da estética

A arquiteta e engenheira civil Paola Cury fala mais sobre o tema e como instalar a coifa em projetos de cozinhas com essa característica

O conceito de pé-direito na arquitetura é a distância entre o piso e o teto de um ambiente, ou seja, a altura dele. O padrão de altura costuma variar entre 2,50m à 3,00m, e o pé-direito duplo trata desta medida dobrada, podendo chegar a 6 metros. Porém, existe ainda cozinhas com pé-direito que não chega a ser duplo, mas que é maior que o padrão. Projetos com essa característica são sempre vistos com outros olhos, a elegância que a altura extra traz ao ambiente chama a atenção e contribui para diversos fatores.

Apesar de ser mais comum em residências, é possível encontrá-lo em projetos de apartamentos de alto padrão ou coberturas. Pode, inclusive, ser aplicado a qualquer tamanho de ambiente (desde que o projeto contemple essa possibilidade), até em cozinhas compactas – que resultará em uma sensação de maior amplitude se comparado à altura padrão.

As vantagens partem desde o aumento da amplitude do ambiente e melhora da iluminação, até o fator térmico. Na cozinha, a quantidade de eletrodomésticos instalados e em funcionamento, acabam gerando calor, além do próprio processo de cozimento. Considerando que o ar quente é menos denso e, por isso, irá subir, o pé-direito mais alto, acaba por tornar a cozinha um ambiente mais arejado e fresco. Os ganhos são ainda maiores quando a cozinha for integrada com a sala de estar ou jantar, trazendo as vantagens para todos estes cômodos.

Em projetos de cozinha com pé-direito mais alto que o padrão, a arquiteta e engenheira civil Paola Cury destaca dois pontos de atenção:

  1. Projeto de interiores: Com uma altura maior disponível, é necessário ter atenção ao projeto de armários e superfícies muito altas, trazendo dificuldades no momento da limpeza ou manutenção. Um bom projeto de interiores deve prever o melhor uso possível de cada espaço disponível, seja ele alto ou não.
  2. Equipamentos da cozinha: O volume de ar em um ambiente com pé-direito duplo é muito maior, exigindo uma coifa com maior capacidade de vazão e eficiência comprovada na remoção dos vapores e gordura do ambiente. E, falando em coifa, é necessário verificar qual é a altura de pé-direito que ela atende. As coifas com chaminé aparente são comumente encontradas com altura que atende o pé-direito padrão, ou seja, entre 2,50m e 3,00m. É preciso contar com um modelo de coifa que já tenha a opção de chaminé complementar (peça extra) como uma opção original do fabricante, do contrário, será necessário encontrar algum funileiro que faça esse acessório e é praticamente impossível garantir um bom acabamento além do que a textura e cor do inox poderá não ser a mesma do que o acessório original do fabricante, prejudicando muito a estética do projeto. Outro ponto relatado pela profissional é que muitos clientes acabam comprando a coifa sem reparar nesse ponto e percebem, somente no momento de instalação, que o produto escolhido não tem chaminés complementares. Muitos acabam nem usando a coifa e tendo que comprar uma outra que atenda a esse requisito.

————————————————————————————————————————————————————

VEJA: Dicas para aproveitar os cantinhos difíceis da casa

————————————————————————————————————————————————————

Neste ponto há uma orientação: Segundo a Tramontina, especialista no assunto, as chaminés complementares são peças com altura maior que o padrão de fábrica e por isso, são vendidas separadamente. Com elas é possível alcançar uma altura maior e suprir a demanda de um pé-direito de até 4 metros de altura. A vantagem de contar com um fabricante que possua essa alternativa é que a coifa e suas chaminés mantém o mesmo padrão de acabamento, além da qualidade das peças e maior durabilidade.

A dica extra da Paola Cury é sobre cozinhas integradas, independente da altura do pé-direito: “O uso da cozinha e o modo de vida das pessoas mudou. Elas aproveitam cada atividade juntas, incluindo o momento de cozinhar. Se os ambientes forem integrados a solução ideal é uma coifa silenciosa. A possibilidade de saber que o ar no ambiente está sendo devidamente renovado durante o processo de cocção sem a necessidade de grandes ruídos é mesmo a situação ideal. O foco deve ser a conversa, a família, os amigos, a comida e os momentos ao invés do barulho, não é mesmo?”

Descrição: Projeto da Arquiteta e Engenheira Civil Paola Cury com Coifa Dritta Isla 90 Split da Tramontina (a mais silenciosa do Brasil), utilizando chaminés complementares originais para cozinhas com pé direito mais alto que o padrão.

A Tramontina desenvolveu um produto especial para resolver a maior reclamação dos usuários em relação à coifa, o barulho! Hoje a marca conta com os modelos de coifa Split, os mais silenciosos do Brasil, que tem o seu motor instalado até 6 metros de distância do corpo da coifa, com possibilidade de estender para 12 metros.

Os modelos são de parede, ilha ou de embutir no móvel e, para as coifas com a chaminé aparente (modelo Dritta), é vendido as chaminés complementares para ambientes com pé-direito de até 4 metros.

E para resolver a maior reclamação dos usuários em relação à coifa, o barulho, a Tramontina inovou com os modelos de coifa Split, os mais silenciosos do Brasil, que tem o seu motor instalado até 6 metros de distância do corpo da coifa, com possibilidade de estender para 12 metros. Há coifas de parede, ilha ou de embutir no móvel e, para as coifas com a chaminé aparente (modelo Dritta), é vendido as chaminés complementares para ambientes com pé-direito de até 4 metros.

 

 

 

Por Cris Landi – Fatto Comunicação

Imagem: arquiteta Paola Cury

 

 

 

Envie informações, fotos, vídeos, novidades, lançamentos, denúncias e reclamações para a equipe do Grupo Multi pelo WhatsApp 11 9 9511.5824, por e-mail no redacao@grupomultimidia.com.br ou entre em contato pelo (41) 3235.5015.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Arquitetura

A Revista USE é uma publicação inédita no Brasil sobre o design intrínseco nas mais variadas peças do mobiliário, decoração e artigos de desejo que traduzem nossa relação com o mundo e tudo o que nos cerca.

Portal - No portal vocês poderão conferir notícias atualizadas diariamente sobre o mundo da decoração, suas inovações e tendências.

Revista - Com publicação quadrimestral, a revista impressa reúne o que há de mais inusitado do mundo do design com distribuição em todo Brasil, tem duas versões: impressa e digital.

Revista USE. 2017 - Todos os direitos reservados.