SOCIAL
To Top

ARTEK NA MAISON & OBJET – marca apresenta nova luminária assinada por Alvar Aalto e tecido Rivi em novas cores

Para a próxima edição da Maison & Objet Paris 2018, a Artek continua explorando o espaço compacto. Intitulado “Quão grande é pequeno?”, a marca chega à feira em um stand bem pequeno, que prova que os espaços de proporções limitadas podem ser inteligentemente mobiliados para atender à diferentes necessidades sem diminuir a qualidade.

Ambientando o pequeno espaço de 8m2 onde a marca estará instalada, assinado pelo estúdio Besau Marguerre, de Hamburgo, itens com desenhos clássicos e contemporâneos que combinam o ‘viver e trabalhar’ harmoniosamente em um único espaço.

As novas luminárias Golden Bell e Beehive Black, definem zonas vivas por meio dos meios de iluminação. O console de Kaari, por Ronan & Erwan Bouroullec, fornece um espaço de trabalho no apartamento mais compacto, e a Banqueta 60 convida à sessão, armazenamento, exibição e empilhamento. Já a Poltrona Kiki, da Ilmari Tapiovaara, oferece assentos confortáveis com uma área compacta e o Kiila Coat Stand, de Daniel Rybakken, armazena vários casacos e bolsas no menor canto e, complementando o ambiente, os espelhos de 124 ° do Rybakken – uma serie de espelhos montados na parede ou independentes – funcionam como otimizadores de espaço, e os vasos Riihitie, de Aino Aalto, trazem a natureza para dentro de casa.

Novos produtos na Maison & Objet Paris 2018

Beehive Black Version, por Alvar Aalto, 1953

Escultural em presença, a Beehive foi originalmente projetada para a Universidade de Jyväskylä, na Finlândia, em 1953, e é um dos projetos de iluminação mais populares de Alvar Aalto. A peça retorna agora na procurada versão em preto, com um tom de alumínio à mão, com um revestimento externo em pó preto e um interior branco. Os anéis de aço, posicionados entre camadas curvas concêntricas, são banhados em latão e perfurados para criar uma iluminação dourada sem brilho. A luz é direcionada de maneira magistral: a sombra opaca contém luz, de modo que ela emerge apenas em direção ao teto, para baixo e por meio das perfurações.

Adequado para residências e espaços públicos, a Beehive pode ser utilizada individualmente ou em série.

Golden Bell, por Alvar Aalto, 1937

A Golden Bell é um complemento à popular Beehive Black, de Alvar Aalto. A peça original foi criada como uma luz pendente em 1937, para o Restaurante Savoy, em Helsinki, como parte do design de interiores de Aino e Alvar Aalto. No mesmo ano foi exibido no Pavilhão Finlandês da Exposição Mundial de Paris. Mais de 80 anos depois, hoje a Golden Bell é um dos designs mais adorados da Artek.

Afixada à uma superfície vertical por meio de um braço delgado, a luminária de parede pode ser girada em 180 graus, permitindo diferentes intensidades de iluminação. Feito de uma única peça de latão ou aço, a Golden Bell é esculpida em qualidade, tipificando a estética simplificada da assinatura de Aalto. O aro perfurado cria um efeito de corona memorável e evita ofuscamento, proporcionando uma luz que é ao mesmo tempo quente e caracteristicamente difusa.

Enquanto os Aaltos produziram um pequeno número de luminárias para projetos selecionados, essas peças nunca foram amplamente distribuídas. Só agora a Artek apresenta esta versão da Wall Light Golden Bell, baseada em uma original, em série.

Rivi New Colors, por Ronan & Erwan Bouroullec, 2017

O tecido Rivi, desenhado por Ronan & Erwan Bouroullec, está agora disponível em duas novas cores: em verde e branco e preto, que complementam a gama de branco com azul, branco com mostarda, branco com cinza claro e branco.

Rivi – que significa “linha”, em finlandês – é baseado em um desenho feito à mão de linhas paralelas que se estendem em ambas as direções sem fim. A beleza de Rivi vem das singularidades naturais da ilustração artesanal. Na verdadeira tradição Artek, onde as irregularidades naturais da madeira são vistas como uma virtude e não como uma falha, o padrão Rivi desenhado à mão se encaixa perfeitamente na coleção.

O Rivi está disponível em algodão, lona de algodão e algodão revestido acrílico, como tecido de metro e pacotes pré-cortados 3×1.5m para uso caseiro, perfeitos para a personalização de cortinas, toalhas de mesa, guardanapos e outros utensílios de mesa, brinquedos infantis ou até mesmo roupas. Produtos adicionais incluem acessórios têxteis, como almofadas, bolsas e bolsas de lona, bem como bandejas de serigrafia.

Sobre a Artek

A Artek foi fundada em Helsinki em 1935 por quatro jovens idealistas: Alvar e Aino Aalto, Maire Gullichsen e Nils-Gustav Hahl. O objetivo deles era ‘vender mobiliário e promover uma cultura moderna de viver de exposições e outros meios educacionais’.

Mantendo o espírito radical dos seus fundadores, a Artek hoje segue como uma marca inovadora no universo do design moderno, apresentando sempre novos produtos envoltos em design, arquitetura e arte. Seu portfólio consiste em mobiliário, iluminação e acessórios desenhados por designers finlandeses e internacionais.

Por mais de 80 anos, as peças da Artek têm enriquecido espaços públicos, museus, escolas, restaurantes, hotéis, shoppings, além de inúmeras residências ao redor do mundo. A empresa é sediada em Helsinki, Finlândia, também local da flagship store Artek Helksinki e Artek 2nd Cycle Store.

Sobre a Vitra

Empresa familiar, a Vitra foi fundada no início da década de 50 pelo empresário Willi Fehlbaum e sua esposa Erika Fehlbaum quando o casal descobriu, durante sua primeira viagem aos Estados Unidos, o mobiliário de Charles & Ray Eames em uma loja de Nova York. O entusiasmo com o projeto os levou à decisão de, regressando à Suíça, tornarem-se fabricantes dos produtos de Charles e Ray Eames, George Nelson, Alexander Girard and Isamu Noguchi na Europa. O primeiro produto da marca, reconhecido mundialmente, foi a Panton Chair, desenvolvida na década de 1960 por Verner Panton e que hoje faz parte do acervo de design clássico do Museu Pompidou, em Paris. A Vitra é mais do que uma das maiores empresas de fabricação de design. O nome também representa o Vitra Design Museum, que possui uma das maiores e mais importantes coleções de mobiliário em todo o mundo. Construído na década de 1980, com projeto do renomado arquiteto Frank Gehry, o museu se tornou uma instituição cultural amplamente respeitada com uma infinidade de atividades, como exposições sobre design e arquitetura. Em 2010, foi construído o VitraHaus, pelos arquitetos Herzog & de Meuron, e a aclamada flagship store da Vitra, no Campus Vitra, em Weil am Rhein, na Alemanha.

 

 

 

 

Por Stephanie Mazzarello

Imagem: Divulgação

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Lançamentos

A Revista USE é uma publicação inédita no Brasil sobre o design intrínseco nas mais variadas peças do mobiliário, decoração e artigos de desejo que traduzem nossa relação com o mundo e tudo o que nos cerca.

Portal - No portal vocês poderão conferir notícias atualizadas diariamente sobre o mundo da decoração, suas inovações e tendências.

Revista - Com publicação quadrimestral, a revista impressa reúne o que há de mais inusitado do mundo do design com distribuição em todo Brasil, tem duas versões: impressa e digital.

Revista USE. 2017 - Todos os direitos reservados.