SOCIAL
To Top

100 anos da Bauhaus e 10 fatos que você não sabia sobre a escola mais famosa do mundo

A Bauhaus foi uma grande casa de novas ideias, uma instituição avant-garde. Ativa de 1919 a 1933 na Alemanha e inaugurada pelo arquiteto alemão Walter Gropius, comemora centenário como uma das instituições artísticas mais marcantes da era moderna. Confira 10 fatos que você não sabia sobre a escola mais famosa do mundo.

1 – Na cidade de Weimar dos anos 20, quando as crianças não obedeciam, dizia-se: “Se você não se comportar vai para a Bauhaus”. Na época, era tida como o lugar onde viviam os “loucos”, que dançavam pelas ruas em coloridos trajes de teatro e pintavam quadros com triângulos, círculos e quadrados.

2 – A Bauhaus foi um movimento tão significativo que deu nome a uma banda inglesa fundada em 1978. O quarteto formado por Peter Murphy, Daniel Ash, David J e Kevin Haskins, tinha como influências o cantor David Bowie e as primeiras bandas pós-punk Siouxsie and the Banshees e Joy Division.

3 – Foi a primeira escola de design do mundo. Em alemão, era conhecida como “a casa para construir” ou “a casa da construção”, o que conduz a ideia de que o aprendizado e o objetivo da arte interligavam-se nesse espaço.

4 – Com a escola, Walter Gropius pretendia formar novas gerações de artistas, sem haver distinções de classe e hierarquia. O que era produzido e estudado na instituição influenciou a estética moderna, funcionalista e consequentemente, o que é ensinado hoje em dia nas escolas de design mundo a fora.

5 – Nascido na Holanda em 1917, o movimento De Stijl exerceu forte influência estética na Bauhaus, foi daí que surgiu o geometrismo em cores primárias de Mondrian, que foram amplamente apropriados pela indústria cultural.

6 – A Nike lançou um modelo de tênis nas cores das obras neoplasticistas que imortalizaram a obra de Mondrian. A Yves Sant Laurent em 1965, trouxe um vestido inspirado nas mesmas composições. O frasco do perfume Chanel Nº 5, de visual clean, revolucionou o design moderno por meio da Bauhaus.

7 – Acusada de “bolchevismo” e “judaísmo” pelo governo conservador de Weimar, a escola mudou-se para a liberal Dessau em 1925, onde Gropius projetou sua famosa sede funcionalista. Em vez da “catedral do futuro”, lema inicial da Bauhaus, a escola passou a defender a integração da arte com a técnica.

8 – Atualmente a Universidade Bauhaus localizada em Weimar é uma das melhores universidades da Alemanha. A instituição conta com cerca de 4.080 estudantes de 70 países. Desde 1996, os prédios da Bauhaus em Weimar e Dessau são Patrimônio Mundial da Humanidade.

9 – A Bauhaus propunha uma arte diretamente ligada aos interesses da indústria, que unisse a beleza com a funcionalidade, que levasse em conta o lado prático e econômico. Foi na escola que nasceu o desenho industrial que conhecemos hoje.

10 – O edifício inicial projetado por Walter Gropius sofreu inúmeras modificações após a Segunda Guerra. Em 1994, iniciou-se um processo de reforma visando restabelecer ao edifício sua condição original, que só foi concluído em 2007.

Você também quer fazer parte desse movimento? Confira uma seleção de 20 peças inspiradas pela escola mais famosa do mundo.

1: Fotografia da Série Ângulos da fotógrafa Fabiana Tedeschi.
2: Banco Birillo, assinada pelo Decoma Design para a Saccaro.
3: Luminária de mesa Signal Desk Lamp Jieldé, na Dimlux.
4: Tapete Kilim Energy Off White Yellow na By Kamy.
5: Poltrona Regina da Natuzzi Editions

1: Luminária Bulb, peça icônica de Ingo Maurer de 1966, na FAS Iluminação.
2: Coluna Gama da Bertolucci.
3: Superfície Topzstone Red Lights da Guidoni.
4: Revestimento cerâmico Bauhaus, da Eliane Revestimentos.
5: Poltrona Paulistano, de Paulo Mendes da Rocha, na Futon Company.

1: Banco Areté na Made 55.
2: Mesa Row, assinada por Ronald Sasson, na Tecline.
3: Painel MDF Lacca Cetin Azul Arquipélago da Eucatex.
4: Poltrona Quark da F.Way.
5: Cadeira Alpha da Sittz.

1: Silestone® Charcoal Soapstone na Pólo Mármores.
2: Ricciolina, assinado pelo italiano Marco Maran para a Maxdesign.
3: Mesa Lateral Aramada assinada por Marcus Ferreira para Decameron.
4: Poltrona C225 Baixa assinada por Vinicius Siega para a Carbono.
5: Poltrona Branch, de Adolini + Simonini para a DonaFlor Mobília.

 

 

 

 

Por Leticia Moura

Imagem: Divulgação

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Acontece

A Revista USE é uma publicação inédita no Brasil sobre o design intrínseco nas mais variadas peças do mobiliário, decoração e artigos de desejo que traduzem nossa relação com o mundo e tudo o que nos cerca.

Portal - No portal vocês poderão conferir notícias atualizadas diariamente sobre o mundo da decoração, suas inovações e tendências.

Revista - Com publicação quadrimestral, a revista impressa reúne o que há de mais inusitado do mundo do design com distribuição em todo Brasil, tem duas versões: impressa e digital.

Revista USE. 2017 - Todos os direitos reservados.